Reviews

Saco de Magnésio SuperBag – 4Climb

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar do SuperBag!

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar do SuperBag!

Nos meus 8 anos que tenho de escalador, eu já tive oportunidade de usar todas as marcas de saquinho de magnésio do mercado brasileiro (e alguns importados) que existiam até então. Não vou citar nomes pois isso não seria politicamente correto, porém, confesso que todos eles possuíam pelo menos um dos defeitos que mais me irritam num saco de magnésio:

– Boca pequena, não passam pra dentro os 4 dedos mais o dedão.

– O saco inteiro é pequeno e só os dedos entram, deixando de secar as costas e palma da mão.

– Tecido não absorvente na boca, fazendo com que o suor das costas e palma da mão deixe a boca do saquinho úmida, e consequentemente molha os dedos na hora de tirar a mão do saquinho, “anulando” o efeito do magnésio.

– A boca não tem rigidez suficiente e fica fechando, tornando dificil colocar a mão no saquinho naquela hora do “veneno”.

– É um parto pra abrir o saquinho pois a cordinha de dentro não desliza suavemente, precisando de duas mãos e as vezes mais para poder abrir o saquinho, sendo praticamente impossível abri-lo no meio da escalada.

– Não fica completamente fechado, ou precisa de uma atenção especial para fechar direito, fazendo com que vaze magnésio na mochila, causando desperdício e a maior sujeira.

– Não tem porta-escovinha de dentes, ou tem e não cabe uma escova de dentes.

– Não vem com “cintinha” de prender na cintura, fazendo a gente ter que improvisar com cordim ou outras coisas aleatórias.

– É muito feio. (ok, aqui já é questão de frescura, concordo, mas quem não escolhe seu saquinho de mag pela estética, nem que seja um pouquinho??)

Pois é, depois de tanto sofrer com sacos de magnésio nacionais e até mesmo importados, eu estava satisfeito com um que era o “menos pior” e apesar de ter um defeito ou outro, era o que eu podia usar sem comprometer muito minha escalada.

Até que eu conheci a nova leva de Sacos de Magnésio da 4Climb. É o SUPERBAG

De tanto eu enumerar os defeitos dos outros, eu poderia dizer que simplesmente ele não os tem, mas claro, ele merece menção honrosa e vou destacar as principais vantagens desse revolucionário Saco de Magnésio e como nós nos envolvemos.

Estreando meu SuperBag num 7c misto de 30m (Chapas + friends)

Estreando meu SuperBag num 7c misto de 30m (Chapas + friends)

Estreei meu SuperBag no que seria um pega só pra “equipar” meu projeto aqui na fazenda Invernada em São Carlos. Um 7c de 30m negativo de agarrão com uma passagem em móvel no meio. A via se chama “Sexo, sangue, suor, lágrimas e gritaria”, e fica próxima a uma cachoeira, o que, somado ao fato de estar chovendo no dia (e a falésia ser do tipo que não molha), torna o ambiente bem úmido. Lembro que antes de chegar na sequência de crux, passava as costas da mão dentro do saquinho e a mão saía inteira seca de dentro dele, ao contrário do último pega que tinha dado na via uma semana antes com o outro saquinho, o que me obrigava a secar a mão na camisa, e não no dispositivo que eu levava atado à cintura designado especificamente para este fim (vulgo saquinho de magnésio de outra marca). Mas esse dia eu não tive problemas com magnésio nem mão molhada. Entrei no move, comecei a gritar que nem o Chris Sharma (pois estava fazendo um move dificil com um camalot #.75 no pé) e nem precisei parar no meio pra passar mais mag, toquei até o primeiro descanso da via, que eu acabei encadenando neste mesmo pega!!!

Sem preocupação pra entrar na parte em móvel.. Venga!

Sem preocupação pra entrar na parte em móvel.. Venga!

 Os dois principais motivos que me fizeram mudar para o SuperBag foram:

– Grande o suficiente pra caber minha mão toda dentro dele;

– Ele é inteiro revestido por dentro até a parte de fora da boca com tecido absorvente (É tipo um fleece, uma flanela) que em climas quentes e úmidos ajuda muito a secar as costas da mão que estão suadas, aumentando o tempo necessário entre cada vez que se tem que por as mãos no saquinho pra secá-las.

Além disso ele é absurdamente fácil de abrir e fechar, o que garante que, com uma só mão, seja possível abri-lo, caso lembre só no meio da via.

Veja como é fácil abri-lo com uma mão só

Outras características que fazem deste saquinho praticamente um “Si ne quá non” na sua escalada:

– Boca de ampla abertura com estrutura rígida que a mantém aberta;

– Porta escovinha “de dentes” elástica que cabe tanto sua Oral-B 360° quanto sua Metolius

– Tecido leve e resistente por fora;

– Vem com a “Cintinha” de colocar na cintura com ajuste impecável de excelente acabamento e qualidade.

– De cores sortidas, dessa vez vai agradar a “Gregos e Troianas

Porta “escovinha” elástico: Cabe sua Metolius ou sua Oral B 360°

De cara a gente já percebe que não é qualquer cinta com fivela da 25 de março!

Nem é preciso falar mais nada pois estaria sendo redundante. Este saquinho com certeza é tranquilidade garantida e agora só preciso me preocupar em manter meu peso baixo, melhorar meu trabalho de pés, minha resistência em vias de regletes, minha escalada a vista….

 

Se você gostou, clique aqui para ir até a página do SuperBag.

 

 

 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.